Entendendo as Diferenças entre Roteador e Ponto de Acesso – Qual Devo Usar e Por quê?

Escrito por: Paulo Santos

Muita gente confunde os dois, achando que ponto de acesso e roteador são a mesma coisa. Realmente, eles têm umas coisas em comum, tipo, os dois se conectarem ao Wi-Fi e você poder ligar seus aparelhos de internet neles. mas, como um veterano em redes, posso dizer que eles têm suas peculiaridades.

➡️ VEJA ISSO : WiFi 6 no Precinho!

Função do Roteador

Vamos começar com o roteador. Se você tem internet em casa, provavelmente tem um desses. O roteador é quem vai conectar seus dispositivos – como celular, notebook, tv e etc a sua rede local (LAN). Além disso, ele possui um pequeno switch Ethernet para conexões com fio, que são as portas RJ45 que tem atrás dele.

Um roteador pega a internet que vem do modem, e faz uma rede própria local para que você possa se conectar, seja via Wi-Fi ou cabos. Até aí tudo bem!?

O modem é quem vai passar a internet que vem do provedor para o roteador via cabo, a função dele é se conectar com a internet!

Roteador e Modem: Um detalhe interessante é que muitos roteadores modernos já vêm com um modem embutido. Isso facilita bastante, pois você não precisa de um dispositivo (modem) separado para se conectar à internet.

O próprio roteador nesse caso já faz a conexão com o provedor, fazendo também o papel de modem! Deu pra entender?

NÃO use o Roteador do Provedor (Entenda os Meus Motivos)

Utilizações do Wi-Fi nos Roteadores

O Wi-Fi dos roteadores são perfeitos para uso residencial e espaços menores. Eles fornecem uma rede sem fio local com técnicas avançadas de criptografia para manter sua conexão segura.

E o Ponto de Acesso?

Agora, sobre o ponto de acesso wireless (AP). Atráves de um cabo de rede, ele vai ser conectar ao seu roteador, após se conectar, irá transmitir uma conexão Wi-Fi. Basicamente, ele atua como um reforço para o seu roteador.

Entenda a diferença entre Wireless e Wi-Fi

Os APs são normalmente usados em de locais amplos, como grandes ambientes e locais públicos. Eles são conectados ao roteador por cabos Ethernet e transmitem Wi-Fi para dispositivos sem fio, enquanto os dispositivos com fio se conectam diretamente ao roteador.

Agora diferenças entre Roteador e Ponto de Acesso

Agora que entendemos o básico, vamos às diferenças:

Disponível no Mercado Livre
  1. Gerenciabilidade: Gerenciar vários roteadores pode ser um pesadelo para administradores de rede, pois qualquer mudança de rede/nome/senha iria ter que acessar casa ponto de roteador individualmente. Por outro lado, os APs (pontos de acessos) são mais muito mais fáceis de configurar e gerenciar.
  2. Conectividade: Roteadores oferecem conexões com e sem fio, enquanto APs são focados apenas em Wi-Fi.
  3. Firewall: Roteadores geralmente vêm com firewalls embutidos, diferentemente dos APs.
  4. Serviço DHCP: O DHCP é uma característica dos roteadores, não dos APs.
  5. Porta WAN ou Internet: Roteadores têm portas WAN para conectar com a internet, algo que não se encontra em APs.

Melhores Roteadores Wi-Fi 5 e Wi-Fi 6

Assista o Vídeo
Vídeo do Canal Vlog de TI

Achei esse vídeo bem interessante e fácil de vocês entenderem, o Rodrigo mandou super bem na explicação!

Roteadores com função “Ponto de Acesso”

Existem roteadores com função “Ponto de Acesso” (AP), que combina as funcionalidades de um roteador tradicional e um ponto de acesso wireless. Isso significa que ele não apenas pode distribuir a conexão de internet para vários dispositivos, mas também pode ser usado para estender a cobertura Wi-Fi em uma área maior, atuando como um ponto de acesso.

Quando você configura um roteador para funcionar como um ponto de acesso, ele basicamente começa a agir como um extensor de sinal Wi-Fi. Ele se conecta a uma rede existente (geralmente através de um cabo Ethernet) em um outro roteador e cria uma “nova rede Wi-Fi”, ampliando o alcance da conexão sem fio original.

Roteadores Mesh vs Pontos de Acessos

De maneira bem simplista, vou tentar resumir a diferença entre ambos em 3 aspectos que julgo importante:

  • Topologia de Rede: Roteadores mesh formam uma rede única e integrada, enquanto pontos de acesso criam redes Wi-Fi separadas conectadas a um roteador principal.
  • Cobertura: Mesh é ideal para cobrir áreas médias com um sinal consistente, enquanto pontos de acesso são melhores para grandes áreas que precisam de uma rede mais robusta.
  • Custo e Configuração: Mesh tende a ser mais acessível e fácil de configurar, ideal para uso doméstico. Pontos de acesso são mais caros e complexos, mais adequados para ambientes empresariais.

Melhores Roteadores Mesh
Unifi vs Mesh – Qual Melhor?

Conclusão

Escolher entre um roteador e um ponto de acesso depende das suas necessidades específicas. Para uma casa, pequeno escritório ou até mesmo um pequeno negócio local, um roteador Wi-Fi é ideal. Já para cobrir áreas maiores, os APs são a melhor escolha.

Lembre-se, os diversos tipos de tecnologia está aí para facilitar nossa vida, então você tem boas opções para escolher o que melhor se adapta ao seu cenário e necessidade. Obrigado por ler até aqui!

O que você achou desse artigo?

Clique nas estrelas

Média de 5 / 5. Total de votos: 12

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Trabalhei por 15 anos com infraestrutura em Telecom, sou um entusiasta da área e estou sempre em busca de mais conhecimento envolvendo o uso da tecnologia. Espero poder ajudar as pessoas a entender melhor esse universo da conexão Wi-Fi!
Paulo Santos
Últimos posts por Paulo Santos (exibir todos)
    Tem alguma dúvida ou sugestão? Estou aqui para te ajudar!

        Deixe um Comentário

        Gênio do WiFi
        Logo