Como Lidar com o Limite de Dados das Operadoras de Internet

Escrito por: Paulo Santos

A TIM Ultrafibra, tem em seu contrato que irá desconectar clientes por excesso de uso de dados, estabelecendo limites de 2 TB de dados ou de 500 conexões simultâneas. Isto, com razão, gera preocupações entre os consumidores, especialmente aqueles com planos de alta velocidade, como o de 1 e 2 Gigabits por segundo, que são os planos queridinhos por quem busca alta velocidade de internet.

Embora a Anatel proíba a prática de suspensão do serviço após o esgotamento da franquia, a TIM justifica a medida como necessária para manter a qualidade dos serviços para todos os clientes. Entenda o motivo e como contornar esses limites fazendo um bom uso da sua conexão.

Entendendo o uso de dados

Para evitar ultrapassar os limites impostos pelas operadoras, é importante entender o que significa um terabyte (TB) de dados e como isso se traduz em uso real. Um terabyte é uma grande quantidade de dados, equivalente a 1.000 gigabytes (GB). Com 1 TB, você poderia, por exemplo, navegar na web por mais de 20.000 horas, jogar online por cerca de 10.000 horas ou assistir a 300 horas de vídeos em alta definição.

Como Contratar um Plano de Internet Ideal

Gerenciando o uso de dados

Não acho que seja preciso seguir uma cartilha, mas aqui estão algumas dicas para gerenciar seu uso de dados e evitar ultrapassar os limites:

Monitore seu uso: Fique atento ao seu consumo de dados. Muitos provedores oferecem ferramentas para verificar o uso em tempo real, você pode monitorar também através do painel do seu roteador.

Ajuste a qualidade do streaming: Vídeos em alta definição consomem muito mais dados. Simplesmente tem filmes ou series que não faz diferença assistir em 4k ou 1080p, considere realizar o teste assistindo em definição padrão, assim você irá economizar dados.

Dispositivos conectados: Quanto mais dispositivos conectados, maior será o uso de dados. Deixe as pessoas cientes de usar com responsabilidade os dados.

Evite downloads desnecessários: Ser seeder ou baixar torrents frequentemente, downloads grandes, especialmente de jogos que não irá jogar que em seguida já desinstala, podem consumir uma grande quantidade de dados rapidamente, o ideal é só baixar o que for realmente usar.

Todas essas dicas podem ser válidas para famílias grandes, se você e sua família são usuários intenso de dados, pode ser mais vantajoso optar por uma operadora com planos sem limites de dados.

Mas caso sua família seja pequena, e não tem tanto uso assim, pode ir sem medo, tenho um plano de 1 Giga da TIM aqui em casa, e todo mundo usa a internet no talo, seja Netflix, YouTube, download de jogos em geral e muito mais, nunca tive qualquer limitação.

Explicando o porquê do limite de dados, imposto pelas operadoras

Infelizmente por causa de alguns, todos pagam, não deveria haver limites de dados se todos fizessem o uso consciente, e em um mundo ideal sempre terá usuários mais avançados que farão mais downloads e usará mais dados, em contrapartida, outros nem tanto, deixando a balança “equilibrada”.

Porém, existem pessoas que contratam esses planos como Pessoa Física, mas com um intuito de uso comercial por trás, principalmente pequenos provedores locais, eles usam esse plano de alta velocidade para revender planos de internet, com planos menores de 50 a 100 Mega.

Porque observe bem, “limites de 2 TB de dados ou de 500 conexões simultâneas”, isso para usuários comuns é muita coisa, não dá para uma família com uso consciente gastar tanto dado ou ter tantos usuários simultâneos.

As operadoras usam esses termos com limite de dados para se proteger de usuários que estão lá apenas para prejudicar o ecossistema. Se você é um usuário comum residencial, não se preocupe, a não ser que você faça algo repetidamente muito fora da curva, você não sofrerá quaisquer penalizações.

Assista o Vídeo
Vídeo do Canal Ayub

Este vídeo acima é excelente e o Ayub explica detalhadamente de forma bem didática como lidar com os 2 TB de limitação, é um vídeo extenso, mas que vale muito a pena assistir, você terá uma noção clara e entenderá melhor se seu uso irá ou não ultrapassar o limite.

Minha conclusão

Tanto a Tim Ultrafibra quanto quaisquer outras operadoras, podem e devem ter em seus contratos clausulas que os/nos protejam de maus usuários, não protegendo somente a empresa, como também outros clientes que dividem o mesmo link de internet, evitando assim afetar a qualidade do serviço com congestionamentos na rede.

Se você é um usuário comum, e age dentro da normalidade, provavelmente não terá problemas com esses limites, agora se você pretende usar a internet de forma irregular ou até mesmo com excessos, talvez seja melhor buscar um plano comercial mais adequado as suas necessidades.

E você, acha que consegue gastar ao ponto de ultrapassar esse limite? Deixe seu comentário!

O que você achou desse artigo?

Clique nas estrelas

Média de 5 / 5. Total de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Trabalhei por 15 anos com infraestrutura em Telecom, sou um entusiasta da área e estou sempre em busca de mais conhecimento envolvendo o uso da tecnologia. Espero poder ajudar as pessoas a entender melhor esse universo da conexão Wi-Fi!
Paulo Santos
Últimos posts por Paulo Santos (exibir todos)
    Tem alguma dúvida ou sugestão? Estou aqui para te ajudar!

        Deixe um Comentário

        Gênio do WiFi
        Logo