Qual Cabo de Rede Usar? Veja Modelos e Diferenças

Existem variações entre os cabos Ethernet, também conhecidos como conectores RJ-45, e eles são classificados em diferentes categorias, cada uma com velocidades e desempenhos específicos. Escolher o cabo correto pode fazer toda a diferença na qualidade da sua conexão de internet, seja ela para uma rede residencial ou comercial.

A seguir, veremos as diferenças entre as 6 principais categorias disponíveis no mercado: Cat5, Cat5e, Cat6, Cat6a, e também os Cat7 e Cat8. Se você está procurando adquirir um cabo Ethernet adequado para a sua para extrair o máximo da sua conexão, é importante conhecer as especificações de cada modelo e entender qual deles atenderá melhor às suas necessidades.

Cores do Conector RJ45 Padrões T568A e T568B
Cores do Conector RJ45 Padrões T568A e T568B

Vou dividir esse artigo por cabos para uso residencial e cabos para uso avançado em servidores e data centers.

Cabo de rede para residências e empresas

Para residências e pequenas/médias empresas, o cabo de rede mais comum é o Cat5e, que tem uma velocidade de até 1 Gbps e é adequado para redes menores. Esse cabo é compatível com a maioria dos dispositivos de rede e é a opção mais econômica entre os cabos de rede RJ45. Ele oferece uma conexão mais estável e rápida do que a conexão Wi-Fi, sendo uma boa escolha para quem precisa de uma conexão de internet básica e não quer gastar muito dinheiro. No entanto, se você precisa de uma conexão mais rápida e estável, é recomendável considerar o Cat6 ou o Cat6a.

Cabo de rede categoria Cat5

O Cat5 é um cabo de rede RJ45 que recebe o nome de “Categoria 5”. Ele é o tipo mais lento dentre as versões disponíveis, com uma velocidade de transferência de até 100 Mbps, conforme as especificações técnicas. No entanto, se utilizado em distâncias curtas, é possível alcançar uma taxa de transmissão de dados de até 1000 Mbps (Gigabit Ethernet).

Este cabo suporta uma frequência de até 100 MHz e, assim como outros cabos de rede RJ45, pode ser utilizado em redes com um máximo de 100 metros (embora apresente interferências quando instalado próximo desse limite). Apesar de ter sido substituído pelo Cat5e, ainda é possível encontrar o Cat5 à venda.

Cabo de rede categoria Cat5e

O termo “e” em Cat5e significa “aprimorado”, na tradução do inglês. Nessa versão atualizada, o cabo passou por melhorias em seus padrões de certificação, resultando em menos interferência e perda de sinal. Em comparação com o Cat5, o Cat5e oferece um melhor desempenho em instalações próximas aos 100 metros permitidos.

Outra melhoria presente no Cat5e foi no que diz respeito à velocidade, permitindo oficialmente suportar o padrão Gigabit. Embora mantenha a frequência de 100 MHz nas especificações técnicas, é comum que os fabricantes desenvolvam cabos que suportem faixas mais elevadas.

Atualmente, os cabos Cat5e são os mais facilmente encontrados no mercado e oferecem uma boa relação custo-benefício.

Cabo de rede categoria Cat6

O cabo de rede RJ45 da “Categoria 6” apresenta sua principal diferença em relação ao Cat5e em sua taxa de transferência de dados. Esse modelo é capaz de atingir uma velocidade de até 10 Gigabits por segundo, porém, trabalhando nesse limite, o alcance do cabo cai de 100 metros para 55 metros.

O Cat6 é capaz de suportar frequências de até 250 MHz por padrão e apresenta ainda menos interferência do que o Cat5e. Essas melhorias impactam diretamente no preço, podendo custar até 80% mais que o Cat5e.

Devido a suas características, o cabo de rede RJ45 Cat6 é mais recomendado para empresas ou ambientes residenciais que exijam alta velocidade de transmissão de dados e possuam cabeamento com mais de 10 metros.

Cabo de rede categoria Cat6a

O sufixo “a” em Cat6a significa “aumentada” e foi criado com o objetivo de ampliar o alcance oferecido pelo Cat6 em redes 10G. O Cat6a resolveu o problema da geração anterior e consegue realizar transferências de 10 Gigabits por segundo em instalações de até 100 metros.

Uma das principais diferenças do Cat6a é o seu diâmetro, que é mais grosso e menos flexível, devido ao separador posicionado entre os pares de cabo. Esse separador, encontrado também nos cabos Cat6, ajuda a praticamente eliminar as interferências. O Cat6a também dobra a frequência suportada para 500 MHz.

O Cat6a é indicado para quem deseja se antecipar aos novos padrões de velocidade e conexão, porém, por enquanto, seu custo ainda é alto.

Recomendo ver o vídeo abaixo para entender mais a fundo sobre a diferença dos cabos de rede de forma mais dinâmica!

Assista o Vídeo
Vídeo do Canal Max Dicas

Cabo de rede para servidores e data centers

Quando se trata de servidores e data centers, o cabo de rede adequado é aquele capaz de oferecer alta velocidade e confiabilidade, além de suportar longas distâncias. Nesses ambientes, a opção mais indicada são os cabos Cat7 ou Cat8, que oferecem taxas de transferência de até 100 Gbps e 40 Gbps, respectivamente.

Esses cabos possuem uma blindagem ainda mais forte do que o Cat6a, que é capaz de reduzir interferências eletromagnéticas e garantir uma conexão estável e confiável. No entanto, é importante lembrar que esses cabos são mais caros e exigem equipamentos de rede compatíveis para garantir o melhor desempenho possível.

Cabo de rede categoria Cat7

O cabo Cat7 é uma das opções mais avançadas entre os cabos de rede RJ45 e apresenta características ideais para ambientes que exigem alta velocidade e confiabilidade na transmissão de dados, como servidores e data centers.

Esse cabo é capaz de oferecer taxas de transferência de até 10 Gbps a uma distância máxima de 100 metros e é capaz de suportar frequências de até 600 MHz. O Cat7 possui duas camadas de blindagem, uma individual em cada par de fios e outra geral que envolve todos os pares, o que o torna altamente resistente a interferências eletromagnéticas externas.

Cabo Ethernet, cabo de rede VENTION Cat7 RJ45 Flat Double Shielded 10 Gigabit 600 MHz LAN Wire Cable…
  • 1. Cabo Ethernet Cat7 da VENTION suporta largura de banda de até 600 MHz, para que você possa se conectar aos segmentos LAN/WAN e equipamentos de rede em velocidades máximas e navegar na rede, transmitir vídeos, música e outros dados em alta velocidade sem se preocupar com cabos causando uma bagunça

Possui conectores GigaGate45 (GG45), que permitem a utilização de cabos de categoria inferior. No entanto, é importante destacar que esses conectores são exclusivos do Cat7 e não são compatíveis com outras categorias de cabos.

Apesar de ser uma excelente opção para ambientes que exigem alto desempenho, o cabo Cat7 é bem mais caro do que outras opções e requer equipamentos de rede compatíveis para garantir sua eficácia.

Cabo de rede categoria Cat8

O cabo Cat8 é a opção mais avançada e rápida entre todos os cabos de rede RJ45. Esse cabo apresenta características ideais para ambientes que exigem altíssima velocidade e confiabilidade na transmissão de dados, como servidores, data centers e outras aplicações de rede de alta performance.

O Cat8 é capaz de oferecer taxas de transferência de até 40 Gbps a uma distância máxima de 30 metros, ou 25 Gbps em uma distância de 100 metros. O cabo Cat8 possui uma camada de blindagem ainda mais forte do que o Cat7, o que o torna altamente resistente a interferências eletromagnéticas externas.

Cabo De Rede Rj45 1m Ethernet Patch Cord Cat8 40gbps 2000mhz
  • Condutor 100% cobre
  • Conector em plástico injetado
  • Frequência de 2000Mhz
  • Diâmetro do condutor 26AWG
  • Taxa de transmissão de 40GBPS

O Cat8 também utiliza conectores GG45, que são capazes de suportar frequências de até 2 GHz. Além disso, esse cabo é compatível com as versões anteriores do RJ45, o que permite a utilização de cabos de categoria inferior, embora essa compatibilidade possa limitar a velocidade de transferência.

Por ser a opção mais avançada e rápida, o cabo Cat8 é muito mais caro do que outras opções de cabos de rede RJ45. Assim como o Cat7, ele requer equipamentos de rede compatíveis e de alta qualidade para garantir a melhor performance possível.

Materiais mais usados nos fios dos cabos de rede

Os cabos de rede, em sua maioria, utilizam fios de cobre como material condutor de sinais. No entanto, a qualidade e a categoria desse cobre podem variar bastante, afetando o desempenho do cabo.

Cobre: O cobre é o material mais comumente usado como condutor nos cabos de rede. Ele é apreciado por sua excelente condutividade elétrica, o que permite a transmissão eficiente de dados. Os cabos Ethernet de alta qualidade usam cobre de alta pureza para garantir o melhor desempenho.

Para cabos de cobre, a qualidade do material condutor pode variar, o que influenciará na categoria do cabo e no desempenho da rede. Portanto, cabos de maior categoria, como Cat 6, Cat 6a ou superior, tendem a usar cobre de alta qualidade e têm características de transmissão aprimoradas em comparação com cabos de categoria inferior, como o Cat 5, 5e.

Alumínio: Embora menos comum do que o cobre, o alumínio também pode ser usado como material condutor em alguns cabos de rede. No entanto, o cobre é geralmente preferido devido à sua melhor condutividade.

Misto: Os cabos de rede que consistem em um núcleo de alumínio revestido de cobre são conhecidos como “cabos CCA” (Copper-Clad Aluminum). Esses cabos são diferentes dos cabos de cobre puro (ou OFC – Oxygen-Free Copper) que têm um núcleo de cobre sólido em toda a sua extensão.

Nos cabos CCA, o núcleo é feito de alumínio e, em seguida, uma fina camada de cobre é aplicada sobre o alumínio. Isso é feito para reduzir custos, já que o alumínio é mais barato do que o cobre, enquanto ainda permite que o cabo tenha a aparência externa e as características elétricas do cobre.

É importante entender que os cabos CCA não oferecem o mesmo desempenho e qualidade de transmissão de dados que os cabos de cobre puro. Eles têm uma condutividade elétrica inferior e podem apresentar maior resistência elétrica, o que pode resultar em perdas de sinal e interferência em comparação com cabos de cobre puro.

Portanto, ao escolher cabos de rede, é aconselhável optar por cabos de cobre puro (OFC) para garantir a melhor qualidade de transmissão de dados e confiabilidade em sua rede, especialmente em ambientes onde o desempenho é crítico. Cabos CCA podem ser uma opção econômica, mas é importante estar ciente de suas limitações em termos de desempenho e durabilidade.

Tipos de blindagem mais usados em cabos de rede

São 3 os tipos de blindagens mais usados em cabos de rede (FTP, STP, SFTP). essas blindagens tem como função proteger o cabo contra interferências, aumentando assim a qualidade dos dados transmitidos.

  • FTP (Folheado a Alumínio) O FTP é um tipo de cabo onde os fios internos têm uma camada de alumínio em volta deles. Isso ajuda a bloquear interferências externas, como sinais de rádio ou elétricos, que podem atrapalhar a transmissão de dados. É uma proteção básica, como usar uma capa para proteger um livro da chuva.
O cabo FTP poderá ser usado ambientes onde há interferência eletromagnética, porém ela não é excessiva. É frequentemente usado em redes internas de escritórios, residências e pequenas empresas, onde a proteção básica é suficiente.

  • STP (Trançado e Blindado) O STP é um cabo com uma camada extra de proteção. Os fios internos são trançados e envoltos em uma camada de metal ou plástico para protegê-los ainda mais contra interferências. É como ter um guarda-costas extra para garantir que os sinais de dados não sejam perturbados.
O cabo STP é recomendado quando há um nível moderado de interferência eletromagnética, como em ambientes industriais, onde máquinas pesadas podem causar interferências. Ele oferece proteção adicional e é adequado para ambientes mais desafiadores.

  • SFTP (Duplamente Blindado) O SFTP é uma versão superprotetora. Ele combina a camada de alumínio do FTP com a proteção trançada do STP. É como ter uma capa de chuva e um guarda-chuva ao mesmo tempo, garantindo que seus dados estejam extremamente seguros contra qualquer interferência.
O cabo SFTP é a escolha mais robusta e é ideal para ambientes com alta interferência eletromagnética, como data centers, instalações industriais de grande porte e locais com equipamentos elétricos intensivos. Ele fornece a máxima proteção contra interferências e é a melhor opção para redes críticas que exigem alto desempenho e confiabilidade.

O cabo UTP é mais comumente usado

  • UTP (Unshielded Twisted Pair) significa “Par Trançado Sem Blindagem“. Em outras palavras, os cabos UTP não têm uma camada de blindagem em torno dos pares de fios internos. Eles são os cabos mais comuns e amplamente usados em redes de computadores domésticas.

Os cabos UTP são ideais para muitas situações, incluindo:

Redes Domésticas e de Pequenas Empresas: Cabos UTP são frequentemente utilizados em redes domésticas e de pequenas empresas. Eles são uma escolha econômica e eficaz para conectar computadores, impressoras, roteadores e outros dispositivos em um ambiente comum, onde a interferência eletromagnética não é um problema significativo.

Aplicações de Curta Distância: Para distâncias relativamente curtas, como as encontradas em casas e escritórios, os cabos UTP funcionam muito bem. Eles são a escolha ideal quando você precisa de uma conexão confiável e não enfrenta qualquer interferência.

Facilidade de Instalação: Cabos UTP são fáceis de instalar, pois são flexíveis e não possuem camada de blindagem, o que os torna mais leves e maleáveis. Isso facilita a passagem por conduítes e a instalação em áreas de difícil acesso.

No entanto, é importante notar que os cabos UTP podem ser sensíveis a interferências externas, como cabos elétricos, motores elétricos ou fontes de interferência de rádio. Em ambientes onde a interferência é um problema sério ou em redes que requerem altas taxas de transferência de dados a longas distâncias, é preferível optar por cabos blindados, como os mencionados anteriormente (FTP, STP ou SFTP), para garantir a integridade do sinal e a estabilidade da rede.

O que é AWG em cabos de rede e qual sua importância

O AWG ou American Wire Gauge, é uma medida padrão utilizada internacionalmente para indicar o tamanho do fio condutor dentro de um cabo. Essa medida é importante porque influencia diretamente na capacidade do cabo de transmitir dados de forma eficiente e confiável.

Para entender de forma simplificada, pense no AWG como a espessura do fio dentro do cabo. Quanto menor o número AWG, mais grosso é o fio e maior é sua capacidade de transmitir dados. Por outro lado, quanto maior o número AWG, mais fino é o fio e menor é sua capacidade de transmissão.

Por exemplo, cabos com AWG 22 ou 24 são mais espessos e têm uma capacidade maior de transmitir dados em longas distâncias sem perda de sinal, sendo ideais para redes que exigem alto desempenho, como redes corporativas. Já cabos com AWG 26 ou 28 são mais finos e adequados para distâncias mais curtas ou aplicações domésticas, onde a demanda por largura de banda pode ser menor.

Considerar o AWG correto irá garantir que atenda às necessidades de sua rede, proporcionando uma conexão de maior qualidade sem exagerar no material, um cabo com fio mais grosso com AWG menor não significa obter mais qualidade, apenas maior gasto. Tanto para uso doméstico ou profissional, você deve dimensionar o AWG de acordo com a distância e capacidade da rede.

O significado por trás do termo “Patch Cord” para cabos de rede

Os Patch Cords são cabos de rede flexíveis e curtos, geralmente possui uma cor vibrante e são visualmente bonitos, bastante usados em redes domésticas e ambientes de trabalho, em escritórios, home office ou setups gamer. Imagine-os como os fios que conectam seus dispositivos, como computadores, roteadores ou consoles de jogos, à internet, trazendo mais “harmonia” ao ambiente.

Os Patch Cords pode ser usado em cores diferentes. Isso facilita a identificação das conexões, especialmente quando você tem vários dispositivos conectados. Por exemplo, você pode usar um Patch Cord azul para conectar seu console de jogos e um Patch Cord vermelho para conectar seu computador.

Geralmente os patch cord são montados em tamanhos específicos, podendo ter alguns centímetros a alguns metros, são crimpados de ambos os lados de forma profissional por máquinas, garantindo que o cabo tenha qualidade e tamanho ideal para qualquer das aplicações.

Assista o Vídeo
Vídeo do Canal CPC

Eu gosto bastante do trabalho da Cabos Patch Cord, eles tem um site bem legal com muitas opções de cabos para todos os tipos de uso, e não é caro, vale a pena dá uma olhadinha!

Sequência de cores na hora de crimpar os conectores

Se você for seguir as normas de identificação universal, existe uma sequência de cores específicas na hora de crimpar o cabo de rede RJ45 aos conectores. A sequência padrão de cores é a seguinte, a partir da posição do conector:

  1. Verde-claro
  2. Verde
  3. Laranja-claro
  4. Azul
  5. Azul-claro
  6. Laranja
  7. Marrom-claro
  8. Marrom

Essa sequência segue o padrão TIA/EIA 568A, que é o padrão mais comum na indústria de rede. No entanto, também é possível usar o padrão TIA/EIA 568B, que possui uma ordem ligeiramente diferente. É importante escolher um padrão e seguir a mesma sequência em todos os cabos para garantir a compatibilidade e a qualidade da conexão.

crimpando o cabo de rede nas cores certas ao conector rj45

Lembrando que as duas pontas dos conectores devem seguir o mesmo padrão de cor, você mesmo consegue crimpar usando apenas um alicate de crimpagem, recomendo ter um em casa para sempre que precisar usar.

Dar pra fazer emendas em cabo de rede, como fazer?

Se seu cabo está curto, ou quebrou em algum ponto por alguma eventualidade e a depender da situação estrutural ou até mesmo financeira, você não tem como trocar no momento. Fique calmo, dá pra você fazer uma emenda!

Fazer emendas em cabos de rede é uma habilidade importante para quem lida com redes de computadores, seja em casa ou no trabalho. Uma emenda bem feita pode ajudar a solucionar problemas de conexão e até mesmo estender o comprimento de um cabo. No entanto, é fundamental realizar esse processo corretamente para garantir uma conexão de qualidade e estável. Aqui estão os passos básicos para fazer emendas em cabos de rede de forma adequada:

Ferramentas e materiais necessários:

Antes de começar, certifique-se de ter à disposição as seguintes ferramentas e materiais:

  1. Cabos de rede que precisam de emenda.
  2. Conectores RJ-45 e um alicate de crimpagem(se a emenda for em um cabo sem conector).
  3. Um descascador de fios. (famosa faca ou estilete)
  4. Um cortador de fios. (alicate normal)
  5. Um testador de cabo de rede (opcional, mas útil para verificar a conexão após a emenda).

Passos para Fazer a Emenda:

Aqui estão os passos a seguir para fazer uma emenda em um cabo de rede:

Prepare os Cabos: Se você está emendando dois cabos, descasque uma pequena porção da capa externa de cada cabo com o descascador de fios, revelando os pares de fios internos. Certifique-se de que os fios estejam organizados de acordo com o padrão de cores (geralmente, T568B ou T568A).

Faça a Emenda: Una os fios de cada cabo de acordo com o padrão de cores desejado. Geralmente, você irá emendar fio com fio, mantendo as cores correspondentes alinhadas, una-os apertando de forma moderada, logo após isole cada fio, pode ser uma fita de alta isolante de alta fusão.

Para maior durabilidade, você pode usar uma capa de proteção ou um pedaço de capa plástica para cobrir a emenda e protegê-la de danos mecânicos e interferências externas.

Insira o Conector: Se um dos cabos não tiver um conector RJ-45, insira o conector no cabo, garantindo que os fios estejam no lugar certo. Use o alicate de crimpagem para fixar o conector.

Teste a Conexão: Se você tiver um testador de cabo, use-o para verificar a conexão. Certifique-se de que todos os fios estejam corretamente conectados e que não haja curtos-circuitos.

Proteja a Emenda (Opcional): Para maior durabilidade, você pode usar uma capa de proteção ou um pedaço de tubo termocontrátil para cobrir a emenda e protegê-la de danos mecânicos e interferências externas.

Lembre-se de que é importante seguir rigorosamente o padrão de cores ao fazer as emendas, pois a ordem dos fios é fundamental para garantir a conexão correta. Se você não tiver experiência em emendas de cabos de rede, pode ser útil praticar em cabos de teste antes de realizar a emenda em cabos de produção.

Embora seja possível fazer emendas manuais em cabos de rede, isso deve ser visto como uma solução temporária e improvisada. Para uma rede de qualidade e alto desempenho, a instalação adequada de cabos inteiros é a melhor prática.

Abaixo segue outras formas mais práticas e “menos amadoras” de fazer emendas.

Adaptador conector Keystone

Um conector Keystone é um tipo versátil de conector usado em sistemas de cabeamento estruturado para redes e telecomunicações. Eles são chamados “Keystone” porque têm o mesmo tamanho que uma pedra keystone (pedra-chave) usada em arquitetura para a construção de arcos. Os conectores Keystone são projetados para serem instalados em painéis de parede, caixas de montagem em superfície, painéis de conexão ou placas de parede.

Adaptador de emenda RJ-45

Um adaptador de emenda RJ-45, também conhecido como acoplador ou conector fêmea-fêmea RJ-45, é um dispositivo simples usado para conectar dois cabos de rede Ethernet com conectores RJ-45 macho. Ele é útil quando você precisa estender um cabo Ethernet curto ou quando deseja conectar dois cabos Ethernet para alcançar uma distância maior.

Perguntas mais frequentes sobre os cabos de rede

  1. O que é um cabo de rede RJ45?

    Um cabo de rede RJ45 é um cabo que conecta dispositivos de rede, como computadores, roteadores e switches, a uma rede local ou à internet.

  2. Qual a diferença entre os cabos de rede RJ45 Cat5e e Cat6?

    O Cat5e é capaz de atingir velocidades de até 1 Gbps, enquanto o Cat6 pode chegar a 10 Gbps. Além disso, o Cat6 possui uma blindagem mais forte do que o Cat5e, o que o torna menos suscetível a interferências.

  3. Qual o comprimento máximo permitido para um cabo de rede RJ45?

    O comprimento máximo permitido para um cabo de rede RJ45 é de até 100 metros.

  4. Posso usar um cabo de rede RJ45 Cat6 em vez de um Cat5e em uma rede residencial?

    Sim, é possível usar um cabo de rede RJ45 Cat6 em vez de um Cat5e em uma rede residencial, porém, o Cat6 é mais caro e pode não ser necessário para a maioria das aplicações residenciais.

  5. Como saber se um cabo de rede RJ45 é blindado?

    Um cabo de rede RJ45 blindado possui uma camada de blindagem em torno dos fios internos, geralmente visível como uma folha de metal ou malha metálica em torno do cabo.

  6. O que é um conector RJ45?

    Um conector RJ45 é um conector de cabo usado para conectar dispositivos de rede, como computadores, roteadores e switches, a uma rede local ou à internet.

  7. O que é um cabo de rede RJ45 Cat7?

    O cabo de rede RJ45 Cat7 é uma opção avançada de cabo que apresenta características ideais para ambientes que exigem alta velocidade e confiabilidade na transmissão de dados, como servidores e data centers. Ele é capaz de oferecer taxas de transferência de até 10 Gbps a uma distância máxima de 100 metros.

  8. O que é um cabo de rede RJ45 Cat8?

    O cabo de rede RJ45 Cat8 é a opção mais avançada e rápida entre os cabos de rede RJ45. Ele é capaz de oferecer taxas de transferência de até 40 Gbps em uma distância máxima de 30 metros e é ideal para aplicações de rede de alta performance, como em servidores e data centers.

  9. O que é um cabo de rede crossover?

    Um cabo de rede crossover é um tipo de cabo que permite conectar dois dispositivos de rede sem a necessidade de um switch intermediário. Esse cabo é usado para conectar dois dispositivos do mesmo tipo, como dois computadores ou dois switches.

  10. Como escolher o cabo de rede RJ45 adequado para minha rede?

    Para escolher o cabo de rede RJ45 adequado para sua rede, é importante considerar a velocidade de transmissão necessária, a distância entre os dispositivos de rede e a interferência eletromagnética que pode estar presente no ambiente.

  11. O que é um cabo de rede patch?

    Um cabo de rede patch é um tipo de cabo de rede RJ45 usado para conectar dispositivos de rede, como computadores, roteadores e switches, a uma rede local ou à internet. Esse cabo é usado principalmente em ambientes de rede comercial e residencial.

Conclusão sobre qual cabo escolher

Ao escolher o cabo de rede RJ45 para planos residenciais, é importante considerar a velocidade da conexão de internet, a distância entre o roteador e os dispositivos de rede, e o orçamento disponível. Para conexões de internet mais básicas com até 1 giga de velocidade, o Cat5e é uma opção econômica e adequada para a maioria esmagadora das pessoas. Para planos residenciais ou empresariais com conexões de internet mais rápidas que 1 giga, o Cat6 e o Cat6a são boas escolhas que irá te atender muito bem.

Precisa de um cabo para passar do seu modem da operadora para seu roteador? Compra um cat6 de 1 ou 2 metros que já vai ter folga e não vai pagar tanto por isso, agora se for para puxar pela casa toda, vai de Cat5e e seja feliz. Só lembre de respeitar a distância máxima de 100 metros, porém se for passar de 60 metros, nesse caso já recomendo comprar logo o Cat6.

o Cat7 e o Cat8 são completamente excessivos para os planos residenciais, pois são adequados para redes de alta demanda e velocidade, como data centers e servidores. Independentemente do cabo escolhido, é importante garantir que ele seja instalado corretamente para obter o máximo desempenho da sua rede.

O que você achou desse artigo?

Clique nas estrelas

Média de 4.8 / 5. Total de votos: 62

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Trabalhei por 15 anos com infraestrutura em Telecom, sou um entusiasta da área e estou sempre em busca de mais conhecimento envolvendo o uso da tecnologia. Espero poder ajudar as pessoas a entender melhor esse universo da conexão Wi-Fi!
Paulo Santos
Últimos posts por Paulo Santos (exibir todos)
    13 Comentários
    1. Parabéns pelo artigo, bem rico e detalhado, posso dizer que não sou mais um cego no escuro sobre o assunto. Muito obrigado

    2. Parabéns pelo artigo e obrigado por compartilhar.

    3. 2 perguntas, colocar um cat7 em um computador pode ocasionar algum problema?
      O cabo do meu computador pro aparelho é maior ou menos 23 metros(tive q passar pelo teto pra dona da casa não ficar enchendo) e minha Net é de 700 mega qual cabo eu poderia usar pra n ter queda principalmente em jogos.

      • Olá Luan, sem problema usar um cat7 em seu computador, porém como mencionado no artigo, é um exagero, não tem necessidade.

    4. Meu amigo mim mandando comprar um cat 8 dizendo que minha conexão vai ficar melhor, mais lendo aqui já vir q ele estar falando besteira. Ajudou de mais!!

    5. Paulo, você acha que vale a pena usar qual cabo de rede pra ligar pontos mesh da tp link?

      • Cara, se sua internet for gigabit vai de cat 6, caso seja abaixo de 500 mega, vai de cat 5 que vai te atender muito bem!

    6. Parabéns pelo artigo, material muito rico em informações necessárias.

    7. Estava orçando 100 metros de cabo cat7 pra fazer um cabeamento aqui em casa, ainda bem que vim aqui antes. Hahahaha

    8. Meu pc acessa a internet via cabo conectado a hub que fica em parede oposta àquela em que ele se encontra. Por essa razão o cabo que o conecta ao hub tem cerca de 10 metros. Estranho que com um cabo cat 5, ligado em gambiarra atravessando o quarto por conta de sua menor extensão (6 metros) ele se conecta à rede, mas com cabo cat 6, rj45 cat 6, não se conecta. O que poderia explicar tal fato visto que o cabo cat 6 passa no teste de continuidade?

      • qual o modelo do hub? Pode acontecer de o hub ser antigo e não aceitar o cat6, repare o conector do cabo cat5 e cat6, veja se estão usando a mesma quantidade de “fiação” no conector, verifique também se as cores da fiação estão iguais para ambos os lados do conector do cat6, além de verificar se estão firmes e bem crimpados. É pra funcionar!

    9. Verifiquei, no mercado, que há conectores RJ45 tipo cat 5 e cat6. Não sei se há o cat7 e cat8. Há diferença entre eles? Poderia explicar?

      • Olá Jeff, como mencionado acima, o cat5 e 6 são comumente usados para residências, enquanto cat7 e 8 por servidores e datacenters, vai de cabo RJ45 cat6 que você estará bem servido!

      Deixe um Comentário

      Gênio do WiFi
      Logo